Cultura

Casos de Minas

Senac
  • Logo Senac Minas
  • Hotel Grogotó
  •  

A procissão das almas - Lenda de Congonhas

Conta-se que certa vez, durante a quaresma, um fato muito estranho aconteceu na cidade de Congonhas.

 

Uma senhora na janela, de madrugada, observava a cidade em silencio. A sua rua, a ladeira do Bom Jesus, estava completamente deserta até certa hora quando ela avistou pessoas que subiam em procissão.

 
Eram pessoas desconhecidas que ela nem sequer vira algum dia, nem no centro, nem na rua, e muito menos na Igreja. Mas uma dessas pessoas lhe entregou uma vela e pediu para guardar até o outro dia. Ela aceitou e guardou numa gaveta de seu quarto. Quando voltou à janela, a procissão já ia mais adiante. Foi quando ela notou que as pessoas não caminhavam, pois não possuíam pés: elas flutuavam!

 
E o seu espanto só não foi maior do que quando resolveu olhar a vela guardada: havia se transformado em um pedaço de fêmur humano.

 

Enviar link