Minas Gerais

O Estado

Senac
  • Logo Senac Minas
  • Hotel Grogotó
  •  

11. Os Mercados

Nos mercados mineiros estão disponíveis uma excelente variedade de produtos regionais. Sempre são os melhores locais para se comprar queijos, doces, cachaças, café e artesanato. Os mercados são importantes pontos de identidade cultural. Quase todos possuem hoje um espaço para atividades culturais.

Aqui estão os melhores mercados de Minas Gerais:


Belo Horizonte

Mercado Central
avenida Augusto de Lima, 744 - 31 3274-9434

O Mercado Central foi inaugurado no dia 7 de setembro de 1929. São 380 lojas distribuídas por 13.442m² que se transformaram em um dos principais atrativos turísticos de Belo Horizonte.

Site Mercado Central


Mercado Distrital do Cruzeiro
rua Ouro Fino, 452, Cruzeiro - 31 3223-7844

Foi criado em 1974, sob a administração da COBAL - Companhia Brasileira de Alimentos, com a finalidade de retirar os feirantes das ruas e instalá-los em um local seguro, onde pudessem comercializar livremente seus produtos.

Site Mercado Distrital do Cruzeiro


Feira dos Produtores
avenida Cristiano Machado, 1950, Cidade Nova - 31 3482-1444

A Feira tem sua origem em 1950 como um ponto de distribuição dos produtores de hortifrutigranjeiros na Lagoinha. Mudanças na urbanização na região central levaram os feirantes a transferir a feira para o bairro da Cidade Nova.

A Feira dos Produtores possui área de 4.800 m2, onde estão instaladas 108 lojas.

Site Feira dos Produtores


Diamantina

Mercado Municipal
praça Barão de Guaicuí, 170 - Centro 38 3531-3175

O Mercado funciona em um dos cartões postais de Diamantina. Em 1835, o tenente Joaquim Cassimiro Lages mandou construir um prédio para moradia e comércio e, ao lado, um rancho de tropeiro, também conhecido como "intendência". Esses locais tinham como objetivo o descarregamento e comercialização de produtos que chegavam a Diamantina.


Após 1884, o local foi desativado. Atendendo a um pedido da população, a Câmara Municipal adquiriu o local dos herdeiros do tenente Joaquim Lages em 1889. É dessa época a construção do atual mercado, que é todo estruturado em madeira e apresenta a fachada em arcos, dando um aspecto bem pitoresco à construção.


O Centro Cultural David Ribeiro
Hoje, o antigo mercado de Diamantina é, oficialmente, o Centro Cultural David Ribeiro e está sob a responsabilidade da Secretaria de Cultura.

Feira Cultural
Um local onde se tem uma amostra da fértil cultura do Vale do Jequitinhonha, através das deliciosas quitandas mineiras. Lá estão excelentes cachaças, queijos, mel e ingredientes exóticos, como broto de samambaia, gambó e ora-pro-nobis.

Também estão presentes os artesãos com as famosas cerâmicas do Vale do Jequitinhonha, trabalhos em palha e as típicas flores da região - as sempre-vivas.

Podem-se encontrar, ainda, variedades de quartzos em diversos tamanhos e trabalhados em bijuterias e, ainda, crochês e bordados.


Juiz de Fora

Mercado Municipal
avenida Getúlio Vargas, 200 - Centro

A primeira grande atração do Mercado Municipal é o belo conjunto arquitetônico do Centro Cultural Bernardo Mascarenhas, no qual está instalado.

O Mercado Municipal possui uma exposição permanente, com pinturas do artista plástico e designer gráfico Vinicius Chagas, que retratam imagens sobre a evolução das atividades comerciais que marcaram a história de Juiz de Fora e da região.


Montes Claros

Mercado Municipal
avenida Deputado Esteves Rodrigues, 146

Todos os produtos da região do norte de Minas podem ser encontrados nesse mercado. Pequi (safra de novembro a janeiro) e seus derivados, como óleo e licor, carne de sol, requeijão, rapadura batida, queijo fresco, doces, farinha de mandioca, polvilho e cachaça. Às sextas-feiras acontece a venda de flores cultivadas na região.


Poços de Caldas

Mercado Municipal
rua Pernambuco, s/nº - Centro 35 - 3721-1460

O primeiro mercado municipal de Poços de Caldas foi inaugurado em 1890. Em 1969 ganhou uma nova sede na rua Pernambuco. Hoje são 193 boxes internos e 54 externos que vendem os melhores produtos produzidos no Sul de Minas.


Teófilo Otoni

Mercado Municipal
avenida Getúlio Vargas,s/nº

Composto de 134 boxes, o Mercado Municipal com mais de 90 anos de existência foi revitalizado em 2011.Os produtos regionais do Vale do Mucuri são vendidos aqui.


Uberaba

Mercado Municipal
praça Manoel Terra,255

Desde 1924, o Mercadão, assim chamado pela população, é ponto de encontro dos uberabenses. O prédio do Mercado Municipal foi tombado pela sua importância histórico social.O local é considerado um ponto turístico da cidade.


Uberlândia

Mercado Municipal
rua Olegário Maciel, 255 - esquina de Getúlio Vargas

O prédio do Mercado Municipal de Uberlândia foi construído em 1944 para abrigar um centro atacadista que funcionou até 1977, quando então foi transferido para a Ceasa.

Aberto de segunda a domingo o local é conhecido pelos produtos caseiros como doces e queijos tradicionais e regionais, além de frutas, verduras e legumes selecionados.

 


Enviar link

© Sérgio Freitas Diamantina - Mercado Municipal - Sérgio Freitas Mercado Municipal
© Cézar Mariano Montes Claros - Mercado Municipal - Cézar Mariano Mercado Municipal
© Manoel Bayão Jr Uberaba - Mercado Municipal - Manoel Bayão Jr Mercado Municipal
© Divanildo Marques Belo Horizonte - Mercado Central - Divanildo Marques Mercado Central
© Divanildo Marques Belo Horizonte - Mercado Central - Divanildo Marques Mercado Central
© Divanildo Marques Belo Horizonte - Mercado Central - Divanildo Marques Mercado Central
© Divanildo Marques Belo Horizonte - Mercado Central - Divanildo Marques Mercado Central