Minas Gerais

História

Senac
  • Logo Senac Minas
  • Hotel Grogotó
  •  

39. Fernando Damata Pimentel

Fernando Pimentel

Fernando Damata Pimentel


Cronologia

Nasceu: 31 de março de 1951
Filiação: Miguel Carvalho Pimentel e Geralda Damata Pimentel
Natural de: Belo Horizonte


Formação

Economia - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais
Mestrado - Ciências Políticas - Universidade Federal de Minas Gerais


Atividades
Professor universitário
1985/1987 - Vice-presidente da Associação de Professores Universitários de Belo Horizonte
1986-1992 - Diretor do Sindicato dos Economistas de Minas Gerais
1990/1992 - Conselheiro do Conselho Regional de Economia de Minas Gerais
1991/1992 - Presidente do Conselho Regional de Economia de Minas Gerais
1993/1996 - Secretário Municipal da Fazenda/Prefeitura de Belo Horizonte
2001 - Vice-Prefeito
2002/2008 - Prefeito de Belo Horizonte
2011/2014 - Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior
2015/data presente - Governador de Minas Gerais


Trajetória de vida

Aluno do Colégio Estadual Central, Fernando Pimentel se engajou nos movimentos estudantis de 1968, aos 17 anos. Era o início da militância política.


No período do governo militar esteve preso no Rio Grande do Sul e em Juiz de Fora de 1970 a 1973.


Foi um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores - PT e na administração do ex-prefeito de Belo Horizonte Patrus Ananias (1993-1996) iniciou sua carreira pública. Também participou da primeira gestão municipal de Célio de Castro (1997-2000).


Tomou posse como vice-prefeito em 2001 na segunda gestão de Célio de Castro e, em novembro do mesmo ano, assumiu, interinamente, o cargo de prefeito de Belo Horizonte em substituição ao titular, licenciado por motivo de saúde. Em 8 de abril de 2003 assumiu, definitivamente, o cargo de prefeito, em razão da aposentadoria de Célio de Castro.


Nas eleições de 2004, com 68,5% dos votos válidos, tornou-se o primeiro prefeito na história da capital mineira eleito no primeiro turno.


Algumas obras realizadas
Melhorias no trânsito.
Urbanização de vilas e favelas e construção de moradias.
Repaginação da área central da cidade.
Planejamento de atuação nas áreas de risco geológico.
"Vila Viva" - programa de urbanização de vilas e favelas do país.
Implementação do Orçamento Participativo Digital.


Encerrou seu mandato de prefeito em Belo Horizonte com índices de aprovação superiores a 90%. Na década 10, do século 21, iniciou sua carreira em nível federal ao ocupar a pasta do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Em outubro de 2014, Fernando Pimentel foi eleito Governador do Estado de Minas Gerais para o mandato 2015/2018, com 52,97% dos votos válidos.

 

Enviar link