Turismo

Circuitos

Belo Horizonte

© Divanildo Marques Belo Horizonte - Vista da Afonso Pena - Divanildo Marques Vista da Afonso Pena

Com amplas avenidas, praças e áreas arborizadas, Belo Horizonte, a capital mineira, orgulha-se de ser uma das boas cidades do país para se viver. Carinhosamente chamada de Belô ou de Beagá, a cidade oferece interessantes áreas de visitação; casas de espetáculos com intensa produção artístico-cultural; boa e diversificada gastronomia; rico artesanato, disponível em suas feiras e lojas especializadas, e mantém uma gostosa característica - a hospitalidade mineira.


A cidade, planejada para ser a capital de Minas Gerais, que, segundo os planos do engenheiro Aarão Reis, deveria ter 200.000 mil habitantes, no final do século 20, é hoje uma metrópole dinâmica com 2,3 milhões de habitantes. Considerando-se os municípios que formam a Região Metropolitana, essa população sobe para 4 milhões de habitantes, segundo o Censo de 2000.


Além de ser referência para centenas de municípios mineiros, Belo Horizonte está interligada a importantes centros como São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Brasília, Vitória e Goiânia, possui localização privilegiada e é servida por extensa malha rodoviária e transporte aéreo, o que favorece muito o fluxo de visitantes e os investimentos na atividade turística. Na cidade arrojada e moderna de hoje, o desenvolvimento econômico vem passando pela profissionalização dos mais diferentes segmentos do turismo, sobretudo o de eventos e o de negócios.


Por isso, as vantagens que a cidade oferece não param aí. BH possui infraestrutura turística de qualidade, com bons aeroportos, hotéis e restaurantes, vasta gama de serviços, comércio arrojado, vida noturna agitada e bons espaços para eventos de médio porte, o que contribui para que se consolide a sua vocação para os setores de comércio e prestação de serviços.


Entre as atrações turísticas, merecem visita:

Complexo da Lagoa da Pampulha - que, além do conjunto arquitetônico planejado por Oscar Niemeyer, possui os estádios Mineirão, Mineirinho e um interessante Jardim Zoológico.


Praça da Liberdade - um dos locais mais agradáveis da cidade. Além de desfrutar da praça, o visitante pode observar um interessante conjunto arquitetônico, que vai do eclético à arquitetura contemporânea. A praça abriga um dos maiores complexos culturais do país - o Circuito Cultural da Praça da Liberdade.


Museus - Belo Horizonte possui hoje 14 museus e 6 centros de memória.


Feiras - a mais famosa é a de Arte e Artesanato da Av. Afonso Pena, mas há também a Feira de Flores Naturais, a Feira de Antiguidades e Comidas Típicas e o imperdível Mercado Central, para a compra de queijos e doces bem mineiros.


Praça do Papa - aos pés da Serra do Curral, é um dos pontos mais procurados, tanto pela vista que se tem da cidade quanto pela curiosa Rua do Amendoim.


Parques - os dois grandes parques, Mangabeiras e Municipal, são duas importantes áreas verdes de Belo Horizonte e centros de lazer do belo-horizontino. Cada habitante na cidade tem o dobro da área verde recomendada pela Organização Mundial de Saúde - são mais de 2 milhões de árvores!


Somando-se a essas atrações, estão as atividades culturais. Belo Horizonte é de fato, hoje, um polo cultural do país. Anualmente, acontecem eventos que já se tornaram tradição e que agitam a cidade durante todo o ano: Festival Internacional de Teatro de Belo Horizonte - FIT BH Palco e Rua; Fórum Internacional de Dança - FID; Festival Mundial de Circo do Brasil; Festival Internacional TIM de Curtas-Metragens de Belo Horizonte; Festival Internacional de Quadrinhos; Encontro Mundial de Artes Cênicas - ECUM; Festival Internacional de Teatro de Bonecos de Belo Horizonte; e Campanha de Popularização do Teatro.


Belo Horizonte é sempre uma agradável surpresa para quem a visita. Com um pouco mais de tempo, o turista, além de conhecer a cidade, poderá desfrutar também dos seus arredores, como fazem os próprios belo-horizontinos nos fins de semana. Sabará, Betim e Nova Lima, por exemplo, são cidades praticamente interligadas à capital e que oferecem monumentos históricos, fazendas, restaurantes e belas paisagens.


Com mais tempo ainda, é possível passar o dia em diversos outros destinos como o Parque Natural do Caraça, o Parque Nacional da Serra do Cipó, a Serra da Piedade, as cidades históricas de Congonhas, Ouro Preto, Mariana, Tiradentes, São João del-Rei, as grutas do Rei do Mato, da Maquiné e da Lapinha, o Inhotim Centro de Arte Contemporânea e o Jardim Botânico. Todos esses lindos lugares podem ser explorados a partir de Belo Horizonte. Basta fazer dela o seu próximo destino.


O Circuito Turístico Belo Horizonte foi certificado em 3 de junho de 2005
Certificação renovada em 2009/2010


Presidente
Arthur Vianna
presidencia.belotur@pbh.gov.br


Gestor
Rosy Alvarenga
rosy.belotur@pbh.gov.br
31 3277-9733


Informações Turísticas
31 3277-9754


Alô Turismo
31 3220-1310


Sede do Circuito
Rua dos Aimorés, 981, 6º andar
Funcionários
Belo Horizonte
31 3277-9705


E-mail
belotur@pbh.gov.br


Site
www.belohorizonte.mg.gov.br


As agências que operam este circuito são:

Tauanã Turismo Eco-Pedagógico Esporte e Aventura - Belo Horizonte
31 3477-7757
www.tauanaturismo.com.br


Pampulha Turismo - Belo Horizonte
31 3057-1111
www.pampulhaturismo.com.br


Ouro Preto Turismo - Ouro Preto
31 3223-7484
www.ouropretoturismo.com.br


Atualizado em 11 de abril de 2011

 

Enviar link