Turismo

Circuitos

Villas e Fazendas de Minas

© Giovane Neiva Catas Altas da Noruega - Corredeiras do Rio Pirapetinga - Giovane Neiva Corredeiras do Rio Pirapetinga

Este agradável circuito turístico conta, através das suas antigas vilas e fazendas, a história do Brasil Colônia, do Império e do Brasil até os dias de hoje. Em princípios do século 18, os povoados foram surgindo em decorrência das expedições dos bandeirantes em busca de riquezas e as fazendas foram se erguendo em meio às belas montanhas, aos rios e cachoeiras e à abundante Mata Atlântica.  Fazem parte deste Circuito os seguintes municípios: Casa Grande, Catas Altas da Noruega, Conselheiro Lafaiete, Cristiano Otoni, Itaverava, Queluzito, Rio Espera e Senhora de Oliveira.


Hoje, em cada canto do circuito, encontram-se as marcas de personagens ilustres e fatos históricos: a arte colonial mineira, Tiradentes e a Inconfidência Mineira, a Guerra dos emboabas e a Revolução Liberal, a Estrada Real e o Ciclo do Ouro, as dezenas de igrejas, museus e fazendas, estas últimas, preservadas e restauradas, recebem os visitantes para deliciosas estadias com um gostinho bem mineiro.  Além de saborear a deliciosa comida preparada no fogão à lenha, o turista pode comprar boas peças artesanais e conhecer a arquitetura, a música, a religiosidade e as festas típicas desse povo amigo e hospitaleiro.


Em Casa Grande não deixe de passar pela Serra do Camapuã. Não se pode deixar de acompanhar a tradicional Folia de Santos Reis e São Sebastião da Casa Grande que visita os presépios de casa em casa no período de dezembro a janeiro de cada ano e recebe donativos, com os quais realiza a festa do padroeiro "São Sebastião.


Catas Altas da Noruega possui belos casarões, igrejas setecentistas, ruas sinuosas e ladeiras íngrimes, formando uma harmoniosa paisagem. Diversão e emoção estão presentes em suas matas, rios, corredeiras e montanhas. As festas de Nossa Senhora do Rosário e São Gonçalo, com cavalgadas e congados, são celebradas anualmente com muita fé. Arte e talento são encontrados na pedra-sabão e na culinária.


Em Conselheiro Lafaiete, as tradições religiosas e culturais são mantidas pelo povo que expressa seu talento nas artes plásticas e literárias, no teatro, no artesanato, na dança, na culinária e, com excelência, na música, através de seus corais e bandas. É uma cidade onde convivem, harmoniosamente, o passado e o presente. Entre seus principais atrativos históricos e culturais, destacam-se: Matriz de Nossa Senhora da Conceição, Centro Cultural Maria Andrade Resende, Museu Ferroviário, Museu e Arquivo Antônio Perdigão, Fazenda dos Macacos, Ruínas da Estalagem São Lourenço, Gameleira da Varginha, Igreja Santo Antônio, Monumento Cristo redentor e casarões coloniais.


As serras e cachoeiras, os córregos e a nascente do Rio Paraopeba fazem de Cristiano Otoni um agradável refúgio para os ecoturistas. Tradicionalmente religiosa, esta cidade também tem boas festas, dentre elas, a de Nossa Senhora do Rosário e a de São Pedro.


Itaverava, terra de Marília de Dirceu e de tantos outros nomes famosos da Inconfidência Mineira, é considerada o berço da formação do povo mineiro. Passando por lá não deixe de visitar a Matriz de Santo Antônio, imponente exemplar da arquitetura barroca com pinturas do Mestre Athaíde.


A tranqüila, pequena e antiga Queluzito guarda antigos rituais em suas festas religiosas. A Festa de Santo Amaro, seu Padroeiro, e as comemorações da Semana Santa são boas demonstrações da fé e religiosidade que sua gente busca preservar. Rodeada de fazendas seculares, sua principal atividade econômica é a agropecuária, sobressaindo-se na produção de leite e realizando, anualmente, sua exposição já famosa nas redondezas. Com matas preservadas e rios cortando toda a região, Queluzito oferece ao visitante agradáveis locais para descanso.


Em Rio Espera, estão as fazendas que abasteciam os garimpos vizinhos no período da mineração. A cidade é reconhecida também pela boa comida mineira. Ali, por alguns anos, viveu o Mestre Aleijadinho. A ele é atribuída a imagem de uma Pietá que se encontra na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Piedade.


E Senhora de Oliveira com sua cultura e seus recursos naturais, oferece o bucolismo da vida campestre, além de recantos a serem explorados. Possui magníficas cachoeiras, fazendas centenárias, culinária diferenciada, além de grande beleza natural que proporcionam aos olhos, prazer e admiração. 


E
nfim, visitar o Circuito Villas e Fazendas é se embrenhar por caminhos ricos em história e natureza.


Fonte: Folder Circuito Villas e Fazendas


O
Circuito Turístico Villas e Fazendas de Minas foi certificado em 1º de agosto de 2004.
Certificação renovada em 2009/2010


Presidente
Flávia Aparecida Torquato
31 3721-6589

Vice-Presidente
Michelle Nunes Cardoso da Silva
31 3721-6589

Gestora
Sidnéia de Souza Martins
31 3721-6589

Turismóloga
Camila Borges de Souza Lima
31 3721-6589
31 8431-9966



Sede do Circuito
Rua Jurupis Nº100 - Bairro Carijós
Conselheiro Lafaiete 
Telefone: 31 3721-6589

circuito@villasefazendas.com.br


Site

www.villasefazendas.com.br


As agências que operam esse circuito são:
Ver Gerais
- Conselheiro Lafaiete

31 3762-9124
31 8668-3196
31 9711-9124
www.vergerais.com.br


Atualizado em 02 de setembro de 2015

Enviar link