Destinos

Jaboticatubas

Apresentação

  • Jaboticatubas - Jaboticatubas - Igreja N.S. do Rosário - Acervo/Prefeitura de Jaboticatubas
  • Jaboticatubas - Parque Nacional da Serra do Cipó - Canion Bandeirinhas - Henry Yu
  • Jaboticatubas - Orquídea - Serra do Cipó - Henry Yu
  • Jaboticatubas - Parque Nacional da Serra do Cipó - Canion Bandeirinhas - Henry Yu
  • Jaboticatubas - Quedas D'água - Serra do Bené - Acervo/Prefeitura de Jaboticatubas

A natureza aqui foi muito generosa. A região possui várias cachoeiras, rios, cânions, e a vegetação é rica e variada. Em suas terras, está uma grande extensão do Parque Nacional da Serra do cipó Atrativos famosos do parque, como a Cachoeira da Farofa e as corredeiras dos cânions, pertencem a Jaboticatubas.


Além dos atrativos naturais, a cidade possui manifestações folclóricas dignas de atenção. Das danças realizadas pelos escravos da região para homenagear Nossa Senhora do Rosário, origina interessante tradição preservada pela comunidade negra do Açude, que é conhecida como “Candombe do Açude”. No povoado do Mato do Tição, realiza-se uma das mais autênticas festas de São João em Minas Gerais, ocasião em que o Candombé do Açude também se apresenta. E, no mês de junho, há o Encontro das Folias de Reis, que reúne grupos do município e de outras cidades.


A origem de Jaboticatubas está na história do “mui devoto” ermitão do século 18, Félix da Costa, que iniciou a construção do Convento de Macaúbas. Em suas andanças, encontrou uma região fértil, próxima ao rio Jaboticatubas. Félix acreditou que o local era ideal, uma vez que  ali poderia surgir um povoamento que se dedicaria às atividades agrícolas e pastoris para sustento das freiras recolhidas.


Através de sesmarias, muitas terras foram incorporadas às propriedades do Convento; mais tarde, essas terras foram negociadas e deram origem a várias fazendas de gado.


No ano de 1753, o Capitão Manuel Gomes da Mota, proprietário da Fazenda do Ribeirão, ergueu uma capela dedicada à Imaculada Conceição e, ao redor dessa, surgiu um povoado, que deu origem ao núcleo da atual sede do município.


Jaboticatubas teve seu crescimento estimulado pelo Padre Messias Marques Afonso na década de 60 do século 19, quando reformou a Capela de Nossa Senhora da Conceição e realizou obras, como a organização das ruas do povoado e a construção das capelas do Rosário e de Nossa Senhora das Dores.


No ano de 1938, foi criado pela Lei nº 148, de 17 de dezembro, o município de Jaboticatubas.


Existem versões para explicar o nome Jaboticatubas. Uma diz:A origem do nome da cidade está no rio Jaboticatubas, que banha suas terras. A palavra vem do tupi 'yabuti-guaba-tyba', 'jabuticabal'. Significa também “comida de cágado” ou “fruto de que se alimenta o jabuti”.


Os historiadores Leônidas Marques Afonso e Nelson de Sena explicam o nome como um correspondente de Jaboticabal. Já Martius, na obra Glossaria Linguarum Brasiliensium, interpreta a palavra como lugar de Jaboticatubas. Para o viajante inglês Richard Burton, jaboticatuba é uma fruta semelhante à jabuticaba; a diferença é que a árvore é mais alta e não dá fruto até embaixo no tronco, e a casca da fruta tem outro aspecto.

Enviar link

Região Turística
Central
  • Prefeitura
  • praça Nossa Senhora da Conceição, 38
    CEP 35830-000
    31 3683-1021


    Site Oficial


    Prefeito
    Fábio Moreira Santos
    Vice-prefeito
    Umbelino José Caetano Dias

  • Cidades próximas:
  • Belo Horizonte
  • Itambé do Mato Dentro
  • Lagoa Santa
  • Morro do Pilar
  • Nova União
  • Santa Luzia
  • Santana do Riacho
  • Serra do Cipó
  • Sete Lagoas