Destinos

Conceição da Barra de Minas

Apresentação

  • Conceição da Barra de Minas - Casarão - Vinícius Horta
  • Conceição da Barra de Minas - Artesanato local - Vinícius Horta
  • Conceição da Barra de Minas - Conceição da Barra de Minas - Vinícius Horta
  • Conceição da Barra de Minas - Conceição da Barra de Minas - Ig. N. S. Conceição - Vinícius Horta
  • Conceição da Barra de Minas - Casarão - Vinícius Horta
  • Conceição da Barra de Minas - Casarão - Vinícius Horta
  • Conceição da Barra de Minas - Artesanato local - Vinícius Horta
  • Conceição da Barra de Minas - Capela de Nossa Senhora do Rosário - Vinícius Horta
  • Conceição da Barra de Minas - Interior Matriz de N.S. da Conceição - Vinícius Horta
  • Conceição da Barra de Minas - Sagrado Coração de Jesus - Vinícius Horta
  • Conceição da Barra de Minas - Rocalha - Vinícius Horta
  • Conceição da Barra de Minas - Nossa Senhora da Conceição - Vinícius Horta
  • Conceição da Barra de Minas - Det. pintura - Matriz N.S.da Conceição - Vinícius Horta

A história do município remonta ao século 18, quando o pequeno Arraial de Nossa Senhora da Conceição da Barra era apenas ponto de passagem de viajantes. Em 1825, o arraial foi elevado à condição de freguesia. Em 1943, teve seu nome mudado para Cassiterita e, em 1962, a freguesia foi elevada à categoria de cidade. Em plebiscito realizado em 1989, optou-se pelo antigo nome de Conceição da Barra, mas houve o acréscimo da expressão "de Minas", para diferenciá-la de um município homônimo no Espírito Santo.


Alguns casarões, a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição e a Igreja de Nossa Senhora do Rosário são marcos da memória do município. Além de pinturas e imagens, a Matriz conserva um bonito retábulo dedicado à padroeira, Nossa Senhora da Conceição.


Atualmente, iniciativas voltadas para potencializar as tradições locais posicionam a cidade para o turismo. A tranquila Conceição da Barra de Minas vem fazendo de seu talento para o artesanato o seu cartão de visitas. Os ateliês instalados em diferentes pontos da cidade já despertam o interesse dos visitantes com uma variada produção de objetos utilitários e decorativos.


Mais recentemente, uma oficina organizada por artistas plásticos levou aos adolescentes de Conceição da Barra de Minas a técnica do papel machê, permitindo-lhes encontrar novos horizontes nessa atividade de reciclar e transformar lixo em arte. A matéria-prima vem da usina de reciclagem de lixo da cidade.


A fabricação caseira de doces e licores é muito variada. À base de frutas diversas, essas delícias são produzidas sem adição de conservantes e tornam-se irresistíveis aos visitantes. Os licores possuem embalagens cuidadosas que lhes dão um toque especial.


Encontram-se, ainda, ateliês diversos onde instrutores ensinam técnicas de trabalho em tear manual e técnicas de decoração de peças utilitárias e decorativas com mosaicos. Há também oficinas que trabalham com bambu, bordados, linhas e fibras, crochês e texturas.


A cidade também procura evidenciar alguns eventos já tradicionais. O carnaval, que acontece uma semana antes da data oficial, é uma alegria para os visitantes. Os dez blocos de rua e as Escolas de Samba Preto e Branco e Verde e Amarelo garantem a festa. Em junho, o "Arraiá do Bota-Ovo" anima Conceição da Barra de Minas com quadrilhas, barraquinhas de comidas típicas e várias atrações. O curioso nome da festa é uma homenagem à tradição dos moradores de ficarem de cócoras, no passeio das casas, para conversar e tomar sol. E em 8 de dezembro, acontece a Festa da Padroeira, com quermesses e apresentações musicais.


Na paisagem da região, que é cortada pelo rio das Mortes e pelo ribeirão da Cambaúba, o Alto da Bandeirinha é o ponto de destaque com seus 1.073m de altitude.

 

 

Enviar link

Região Turística
Central
  • Prefeitura
  • rua Padre Antônio de Pádua Chaves, nº 70
    CEP 36360-000
    32  3375-1132


    Prefeito
    Altair Alvim
    Vice-prefeito
    Fernando Lellis Palumbo

  • Cidades próximas:
  • Barbacena
  • Carrancas
  • Lavras
  • São João del-Rei