Destinos

Parque Estadual de Montezuma

Apresentação

Parque fechado ao público


Criação
Decreto sem número, de 28 de setembro de 2007.


Área
1.743,2060 ha.


Município de abrangência
Montezuma


Descrição
Localizado no norte do Estado, com clima semi-árido, o Parque Estadual de Montezuma tem prolongados períodos de seca. A área é constituída de um platô, relativamente plano, com altitude de cerca de mil metros, entrecortado por vales que formam escarpas, terraços e várzeas.


O Parque está inserido na bacia do rio Pardo, o maior curso d´água do extremo Norte de Estado, na divisa com a Bahia. Abriga o Ribeirão da Tábua é o principal curso d"água e dos maiores formadores do Rio Pardo e manancial de fornecimento d'água para o município de Montezuma.


A vegetação da área de planalto é de cerrado e campos de altitude. Nos vales, encontram-se áreas de transição entre o cerrado e a caatinga.


Entre os atrativos naturais, destaca-se a existência de inúmeras fontes termais (a maior insurgência conhecida no território mineiro). Aliadas à grande beleza cênica dos vales, e paredões rochosos dão à área um enorme potencial turístico. A existência de sítios arqueológicos, com os maiores painéis conhecidos no Estado, amplia a importância de se preservar a área.


A criação do Parque, com seu grande potencial turístico, pode ser aproveitado para alavancar o desenvolvimento sustentável do município de Montezuma que possui um dos menores índices de desenvolvimento social do Estado (0,59, o quinto menor do Norte do Estado e o 11° entre os menores do Estado).


Órgão responsável pelo parque
Instituto Estadual de Florestas - IEF
Rodovia Papa João Paulo II, 4.143 - Serra Verde
1º andar do Edifício Minas Gerais - Cidade Administrativa
Belo Horizonte - CEP 31630-900
Telefones: 31 3915-1752/3915-1507

Diretoria de Áreas Protegidas
Telefone: 31 3915-1345

Diretoria de Unidades de Conservação
Telefone: 31 3915-1381


Crédito do texto
IEF - Instituto Estadual de Florestas

 

Enviar link

Região Turística
Norte de Minas