Destinos

Araporã

Apresentação

  • Araporã - Ponte Afonso Pena - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Cachoeira da Piedade - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Cachoeira da Piedade - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Araporã - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Araporã - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Araporã - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Lago de Furnas - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Lago de Furnas - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Lago de Furnas - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Lago de Furnas - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Lago de Furnas - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Pilastras da antiga ponte JK - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Pilastras da antiga ponte JK - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Pilastras da antiga ponte JK - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Ponte Affonso Penna - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Ponte Afonso Pena - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Ponte Afonso Pena - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Ponte Afonso Pena - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Ponte Engenheiro Cyro de Almeida - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Rio Paranaíba - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Rio Paranaíba - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Rio Paranaíba - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Rio Paranaíba - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Rio Paranaíba - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Barragem da Represa de Furnas - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Bica - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Memorial dos Presidentes - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Cachoeira da Piedade - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Cachoeira da Piedade - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Centro de Eventos - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Igreja Nossa Senhora da Guia - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Lago da Represa de Furnas - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Parque do Peão - Vista Aérea - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Pássaro em Araporã - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Praça Antônio Hélio de Castro - Acervo/Araporã - Sedetur
  • Araporã - Pilastras da Ponte Affonso Penna - Acervo/Araporã - Sedetur

Araporã, que significa "nascer do Sol" na língua tupi, é um destino de milhares de praticantes da pesca esportiva e amadora, que vem de todas as partes do país. A quantidade e a variedade de peixes da região são o grande atrativo, com destaque para o tucunaré, o preferido dos pescadores, tendo no Lago de Furnas (Rio Paranaíba) a segunda maior reserva do Brasil, depois da região amazônica.


Acredita-se que o povoado de Alvorada, originando posteriormente a cidade de Araporã, tenha surgido no período da construção da Ponte Affonso Penna sobre o Rio Paranaíba, em 1909. A ponte ligou o Triângulo Mineiro ao Sul de Goiás e permitiu a chegada do desenvolvimento à região.


Em 1917, durante a construção da concessionária estadual dos serviços de transportes pela Companhia Mineira de Autoviação Intermunicipal (CMAVI), o engenheiro Fernando Vilela investiu capital em Alvorada para o plantio das primeiras lavouras, com destaque para a cana-de-açúcar, e a instalação de um engenho visando à produção de açúcar mascavo, rapadura e cachaça. Foi instalada também uma olaria, que fabricou telhas e tijolos para a construção das primeiras casas do povoado. Hoje, Fernando Vilela é considerado fundador de Araporã.


Em 1933, foi estabelecida a luz elétrica na região, e, alguns anos mais tarde, chegaram os primeiros colonos, junto ao desenvolvimento agropecuário. Além da pecuária extensiva, o distrito se notabilizou pela produção de arroz, feijão e milho.


Durante a década de 1950, a produção de banana ganhou destaque e, após se constituir como principal fonte da produção do distrito na época, foi dizimada por uma doença. Posteriormente, destacaram-se as culturas de abacaxi, algodão, café e o incremento da produção da cana-de-açúcar, a maior lavoura do município até os dias atuais (2010). A cidade é sede de uma grande empresa de produção de álcool e açúcar para exportação.


"Outro fator determinante no progresso de Araporã foi a construção da Usina Hidrelétrica de Furnas em seu território, que não só permitiu o seu crescimento populacional, como ensejou meios para a transformação do sonho de emancipação do município em realidade." (Prefeitura de Araporã)


A construção da Usina Hidrelétrica de Furnas foi iniciada em 1974 e concluída em 1980. Quando se abrem, suas seis comportas hidráulicas formam um maravilhoso espetáculo de águas.


Araporã é um dos municípios do Triângulo Mineiro mais bem estruturados em aspectos socioeconômicos do país. De acordo com o IBGE (2006), a cidade apresentou o maior Produto Interno Bruto (PIB) por habitante do Brasil.


Em 1938, Araporã se constituiu como distrito de Tupaciguara.


Em 12 de abril de 1992, Araporã foi elevada a município pela Lei Estadual nº. 10.704, de 27de abril de 1992.


Fonte:
Prefeitura Municipal de Araporã e Circuito Turístico Águas do Cerrado

Enviar link

Região Turística
Triângulo
  • Prefeitura
  • rua José Inácio Ferreira, 58 - Centro
    34 3284 9500


    Site Oficial


    Prefeito
    Ronaldo Sandre
    Vice-prefeito
    Laciel Alves Faria

  • Cidades próximas:
  • Centralina
  • Monte Alegre de Minas
  • Tupaciguara