Destinos

Tiradentes

Museu do Padre Toledo

  • Tiradentes - Museu Padre Toledo - Sérgio Freitas
  • Tiradentes - Acervo do Museu do Padre Toledo - Maria Lucia Dornas
  • Tiradentes - Acervo do Museu Padre Toledo - Maria Lucia Dornas
  • Tiradentes - Pintura de forro - Ms do Padre Toledo - Maria Lucia Dornas
  • Tiradentes - Pintura de Forro - Ms do Padre Toledo - Maria Lucia Dornas
  • Tiradentes - Pintura de Forro - Ms do Padre Toledo - Maria Lucia Dornas
  • Tiradentes - Brasão do Império Brasileiro - Ms do Pe. Toeldo - Maria Lucia Dornas
  • Tiradentes - Museu Padre Toledo - Maria Lucia Dornas
  • Tiradentes - Janela do Museu Padre Toledo - Maria Lucia Dornas
  • Tiradentes - Entrada do Museu Padre Toledo - Maria Lucia Dornas

"Que era paulista soberbo,
paulista de grande raça,
maçom, conforme o seu tempo,
e a alegoria pintara das leis dos Cinco Sentidos
nos tetos de sua casa
... Dormia o Padre Toledo...
"

                                     Cecília Meireles



Essa casa imponente, digna do poderoso vigário da Comarca do Rio das Mortes, o inconfidente Padre Carlos Correia de Toledo e Melo, sem dúvida, merece uma visita. Foi a casa mais rica da Vila de São José del Rei. Alguns itens constantes na lista dos bens sequestrados revelam o ambiente de ostentação da residência. Cadeiras de caviúna com assento e encosto de damasco carmesim. A cabeceira da cama dourada e pintada, com sobrecéu de damasco. Essa casa, onde residiu o Padre Toledo de 1777 até sua prisão em 1789, já havia sido residência de outro inconfidente, o Cônego Luiz Vieira da Silva.


Foi nessa casa que aconteceu, em 8 de outubro de 1788, a festa de batizado de dois filhos de Alvarenga Peixoto e Bárbara Heliodora. O Padre Toledo havia sido o oficiante da cerimônia na Matriz de Santo Antônio. A festa acabou por se tornar uma reunião política. Entre os convidados estavam: Tomás Antônio Gonzaga, João Rodrigues de Macedo, Luiz Vaz de Toledo e Piza, irmão do Padre Toledo. Durante o calor dos festejos, brindes foram feitos. Luiz Vaz de Toledo e Piza declarou que cortaria, ele próprio, a cabeça do governador. O Padre Toledo revelava que se tornaria bispo. Alvarenga Peixoto anunciava: "eu serei rei e Dona Bárbara, a Rainha". Essas conversas e brindes acabaram sendo relatados por pessoas que estavam na festa e elas foram chamadas para depor na Devassa.


No século 19, a casa hospedou os dois imperadores brasileiros: D. Pedro I e D. Pedro II. Com o passar do tempo abrigou uma escola, a Prefeitura e a Câmara Municipal. É erroneamente chamada de "Casa de Tiradentes", pois não há nenhuma documentação que comprove que ele tenha residido na casa.


A Fundação Rodrigo Mello Franco de Andrade a recebeu, em doação, em 1971. Após os trabalhos de restauração, foi organizado o Museu Padre Toledo.


A coleção
- Mobiliário do século 18 e 19


- Imaginária Sacra


- Porcelanas


- Telas: - A Leitura da Sentença dos Inconfidentes - autoria desconhecida


Os pontos altos do museu são os forros pintados:
- Sala dos Cinco Sentidos: tema que revela ser modismo das casas ricas do século 18, pois são encontrados em outras residências como na Casa do Intendente Câmara em Diamantina.


- Sala do Armário Pintado: no forro, há uma pintura mostrando uma mulher ao lado de um mulato e um cordeiro coroado de flores. O enigmático é que: o cordeiro parece possuir dois corpos; as pernas do mulato são disformes e estão colocadas erroneamente em relação ao tronco.


- Sala de Jantar : as pinturas mostram diversas frutas.


O Museu do Padre Toledo é tombado pelo IPHAN
Registrado pelo livro de Belas Artes
Inscrição: 405 Data: 4 de agosto de 1952.
Registrado pelo livro Histórico
Inscrição: 295 Data: 4 de agosto de 1952



Horário de Funcionamento
:
Terça a sexta-feira:10h às 17h
Sábado:10h às 16h30
Domingo:09h às 15h
(A bilheteria encerra o funcionamento meia hora antes do fechamento do museu)


Entrada: paga


Entrada gratuita para: moradores de Tiradentes, Santa Cruz de Minas e São João del-Rei (com comprovante de residência), guias de turismo com identificação e crianças, de até 10 anos de idade, acompanhados dos pais.


Meia entrada para: estudantes, professores, pessoas com deficiência e pessoas com idade igual ou superior a 60 anos de idade, com identificação.


Agendamento de visitas orientadas: (32) 3355-1549 / e-mail: educativomcpt@gmail.com


Mais informações

Facebook: www.facebook.com/EducativoMCPT
Instagram: @museupadretoledo
Aplicativo: app.vc/mcpt


 

Enviar link