Destinos

Diamantina

Igreja de Nossa Senhora do Amparo

  • Diamantina - Torre da Igreja N.S. Amparo - Maria Lucia Dornas

Histórico
A Irmandade dos 'Pardos do Arraial do Tijuco'  recebeu, em 1756, a autorização para edificar  a igreja com o orago de 'Nossa Senhora do Amparo'.


Em 1776,  já era a hora de cuidar da decoração interna, conforme  consta em um documento:  'pa. bem  da pintura da mesma capela hera preçizo nomearce hum Irmão pa. procurar tirar ezmolas nesse arrayal e por fora dele”. (Barroco 16).


Arquitetura e decoração 
Reformas foram executadas em várias épocas do século 19. Na época do império, a capela ganha o título de  Imperial Capela. Apresentando na fachada a torre única e em posição central, a capela do 'Amparo' foge ao partido habitual das igrejas diamantinenses, mostrando, em conseqüência, um perfil esguio e com forte acentuação vertical...” (Barroco 16) Um delicado ornato de madeira faz a decoração do frontão e, na portada em madeira recortada, dois anjos ladeiam o símbolo do império.Os altares do estilo barroco-rococó foram  executados no final do século 18. Um trabalho de destaque  é um presépio  setecentista,  trabalhado  com conchas e de fino gosto rococó, que foi presenteado à irmandade  pelo 'Frei Joaquim de Nossa Senhora de Nazaré'.


A Igreja de Nossa Senhora do Amparo é tombada pelo IPHAN
Registrada no livro de Belas Artes
Inscrição: 331   Data: 6 de dezembro de 1949.

Enviar link