Destinos

Governador Valadares

Catedral de Santo Antônio

  • Governador Valadares - Catedral - Antor Santana

A construção da 1º orada foi para a catequese dos indígenas exercida pelos capuchinhos franciscanos sediados em Itambacury. Ela foi erigida numa colina atrás do arruamento iniciado no Porto das Canoas (rua de baixo, hoje Prudente de Morais) bem próxima do cemitério local, também instalado no mesmo altiplano, ambos de fácil acesso para a utilização na época, lá pelos idos de 1886. Dita capelinha, chegou a ser coberta pela capoeira cerrada que a envolveu já que era raro o seu uso pelos sensíveis a prevalência dos botocudos locais.


Os destacamentos do serviço provincial de civilização indígena ficavam em Baguary e Cuieté, longe da preventiva cobertura local. Em 1910, a ferrovia logo contribuiu com material para edificação, entre 1910 e 1914, no mesmo local, de capela maior consagrada como a anterior a Santo Antônio, santo da evocação preferencial da era da colonização e da dos capuchinhos franciscanos. A freguesia teve, pois, a original ação apostólica dos frades e do padre Nelo (Manoel Nunes Coelho), vigário de Sant'Ana do Onça (Suassuy).


Tão logo criada a paróquia, foi ela assumida provisoriamente pelo seu vigário instaurador frei Angélico de Câmpora O. C. Em novembro de 1915, como paróquia de Santo Antônio de Figueira do Rio Doce, conforme termos de abertura e encerramento do livro para assentamentos de batizados onde há 1.236 registros assinados pelos freis Angélico e José Alatri até 1922. O padre Sady Rabelo supriu a paróquia de 1926 em diante.


A diocese foi implantada em 1956 pela bula “RERUM USU” do papa Pio XII com território desmembrado da arquidiocese de Diamantina e diocese de Araçuaí e Caratinga. Uma de suas obras que se destaca é a criação da emissora de rádio “Por Um Mundo Melhor”. Em meio à explosão do rádio em todo o País e à evolução dos meios de comunicação na década de 1950, a diocese conseguiu encurtar a distância entre a sede e os fiéis de toda a região. As estradas que a interligavam praticamente não existiam, e os meios de transporte eram pouco desenvolvidos. Assim, em setembro de 1960, com a presença do então presidente da República Juscelino Kubitschek de Oliveira, foi ao ar, oficialmente, a voz da Diocese de Governador Valadares, para toda a região, através das ondas da rádio “Por Um Mundo Melhor”. Atualmente a rádio opera em duas frequências (AM e FM) e tem uma programação variada, que vai desde música a transmissões esportivas, mas nunca se esquecendo da mensagem da Igreja Católica.


Os bispos foram D. Hermínio Malzone Hugo, D. José Heleno, substituído interinamente pelo hoje bispo de Guanhães, D. Emanoel Messias de Oliveira e D. Werner Siebenbrock, SVD (desde 2002).


Possui um relicário que contém uma partícula dos ossos de Santo Antônio de Pádua, confessor dos frades menores e doutor da igreja, colocada em uma teça dourada e prateada de forma redonda, amarrada com fio de seda e coberta com vidro, selada com o timbre impresso em cera vermelha espanhola adquirida em 1962 no convento de Santo Antônio em Pádua, Itália. No mês de junho (1º a 13), são realizadas as festas do padroeiro com trezena, levantamento de mastro, barraquinhas, etc. Em 2005, recebeu iluminação externa, doação de Crizolino Ferreira da Costa Filho.


Horário de funcionamento: a capela do Santíssimo encontra-se aberta diariamente até às 20 horas.


Fonte: Inventário da Oferta Turística - Sebare

Enviar link