Destinos

Mariana

Museu da Música

  • Mariana - Museu da Música - Maria Lucia Dornas
  • Mariana - Janela do Museu da Música - Maria Lucia Dornas
  • Mariana - Museu da Música - Maria Lucia Dornas
  • Mariana - Museu da Música - Maria Lucia Dornas
  • Mariana - Museu da Música - Maria Lucia Dornas
  • Mariana - Museu da Música - Maria Lucia Dornas
  • Mariana - Museu da Música - Maria Lucia Dornas
  • Mariana - Visitante apreciando uma melodia no Ms. da Música - Maria Lucia Dornas

O acervo do Museu da Música de Mariana compõe-se de documentos diversos, alguns dos quais remontam aos primórdios da capitania de Minas Gerais e do Bispado de Mariana, no século 18, tais como os livros de cantochão, utilizados no serviço litúrgico cadetralítico e manuscritos musicais de obras de compositores já consagrados pela literatura musicológica, como José Joaquim Emerico Lobo de Mesquita (1746? - 1805), compositor e organista que atuou principalmente em Diamantina.


Além disso, o acervo contém fontes musicais dos séculos 19, como obras de João de Deus de Castro Lobo (1794 - 1832), compositor e organista marianense que desempenhou,entre outras a função de Mestre de Capela de Mariana, e do século 20, como os acervos de bandas civis e música impressa de compositores brasileiros.


No final da década de 60, o Arcebispo de Mariana, D. Oscar de Oliveira, começou a recolher manuscritos e impressos musicais em Mariana. A pesquisa foi ampliada a partir do momento que se iniciou uma campanha nos municípios da arquidiocese para levantamento e doações de arquivos das corporações musicais e particulares. A primeira doação veio de Barão de Cocais, através da família de José Henrique Ângelo.


Na década de 70, surgiu a ideia de se organizar, catalogar e estudar o acervo recolhido até então, o que deu origem a um museu estruturado por Maria da Conceição Rezende. No dia 6 de julho de 1973, foi inaugurado o Museu da Música, entretanto, os trabalhos não foram considerados concluídos devido ao contínuo número de doações e aquisições.


O Museu da Música de Mariana oferece uma exposição de longa duração votada para o público em geral, não havendo restrição quanto ao número de visitantes. No caso de visitas em número superior a dez pessoas, pede-se a gentileza de contratar a equipe do Museu da Música com antecedência mínima de quinze dias, de maneira que o grupo possa ser adequadamente atendido, com maior conforto e segurança.


A exposição do Museu da Música de Mariana é composta por seis audições diferenciadas, instrumentos musicais e material referente à restauração do Palácio da Olaria e do projeto Acervo da Música Brasileira - Restauração e Difusão de Partituras, ocorridos entre os anos de 2001 e 2003. 


Os exemplos musicais são oriundos da Coleção Dom Oscar (CDO), de caráter sacro, cada um representando um ofício litúrgico e compostos nos séculos 18 e 19. A exposição apresenta tanto compositores de renome, como é caso de José Joaquim Emerico Lobo de Mesquita (1746? - 1805), proeminente músico do período colonial,  como Emílio Soares Gouveia Horta Jr. que, a despeito da beleza das obras encontradas, possui diversas lacunas em sua biografia. Além destes, contamos com audições de João de Deus de Castro Lobo (1794 -1832), Manoel Dias de Oliveira (c.1735 -1813), Francisco Manuel da Silva (1795-1865) e José Maurício Nunes Garcia (1767 - 1830)


Entre os instrumentos, destacam-se dois oficleides, instrumentos musicais de sopro, da família dos metais, utilizados, em composições sacras e profanas, além de dois tubos de órgão, descobertos quando da restauração do Órgão Arp Schinitger da Sé, mas que não pertencem ao conjunto de tubos do mesmo. 


Outro serviço colocado à disposição da comunidade é a reprodução de documentos. O acervo conta com equipamento apropriado para reprodução de documentos, através de câmera fotográfica digital de alta resolução. A reprodução deverá ser feita por integrantes da equipe, sempre observando o estabelecido pelo regulamento interno, assim como a legislação brasileira e acordos internacionais relativos à propriedade intelectual, dos quais o Brasil é signatário. Casos excepcionais deverão ser encaminhados à Diretoria do Museu da Música de Mariana. 


Seções:

01. CDO - Coleção Dom Oscar
02. ASM - Arquivo do Seminário de Mariana
03. ALC - Acervo Lavínia Cerqueira de Albuquerque
04. SCA - Manuscritos sem classificação anterior
05. IMP - Impressos
06. FMS - Fotocópias, mimeografados e similares
07. BAN - Manuscritos de Bandas de Música Civis de Minas Gerais
08. LMM - Livros
09. INS - Instrumentos musicais
10. PCO - Documentos relacionados ao projeto "O ciclo do ouro"
11. DTM - Documentação técnica do Museu da Música


O Museu da Música está instalado no Centro Cultural Dom Frei Manoel da Cruz.


Funcionamento
Terça-feira a Sábado: 8h30 às 11h30/ 13h30 às 18h00
Domingos e feriados: 8h30 às 12h

Enviar link