Destinos

Belo Horizonte

Senac
  • Logo Senac Minas
  • Hotel Grogotó
  •  
  • unidade

O Encontro Marcado

(...)

Procederam meticulosamente ao ritual:tiraram o paletó, afrouxaram a gravata, debruçaram-se na amurada, meteram o dado na garganta. Depois, aliviados, foram subindo a pé a rua deserta. Nova distração: arrancar placas das paredes, trocar a numeração das casas e o nome das ruas. Uma noite a placa 'É Proibido Pisar na Grama' do jardim da igreja de Lourdes foi parar no jardim da casa do delegado. O delegado, pequeno e de cavanhaque, costumava aparecer no bar, pela tarde. Tratava, com os rapazes, longas discussões sobre literatura. Chamavam-no Barbusse. 

- Imagine que uns moleques me fizeram ontem - dizia ele.

Os três punham a rir. O delegado não deixava por menos: na sua primeira noite de plantão mandou um guarda percorrer a cidade:

- Prenda o primeiro que encontrar, se possível os três. Já devem estar bêbados.

Pouco tempo depois, estavam presos. E  bêbados.

Não fizemos nada.

- Barbusse, abra essa porta senão vai ter.

- Nosso despertar será terrível!

Logo, o delegado começou a discutir com êles, através das grades:

- Superado o parnasianismo? Ora, vamos deixar de bobagem, meninos! Depois de Bilac o que houve no Brasil, hein? Me digam! Pois fiquem sabendo que Alberto de Oliveira...

Vingaram-se trancando o portão da sua casa com um rosário de cadeados furtados de outros portões. O delegado não pode sair à rua. 

- Vocês ainda ee estrepam comigo - ameaçava, partilhando com eles uma cerveja.

Nada mais a fzer - a cidade dormia a noite avançava.

Cançados, deixaram-se ficar num dos bancos da Praça. (...)     


Fernando Sabino

Enviar link