Destinos

Belo Horizonte

Senac
  • Logo Senac Minas
  • Hotel Grogotó
  •  
  • unidade

Estádio Governador Magalhães Pinto - Mineirão

Carente de um estádio que acompanhasse a evolução do futebol mineiro em meados da década de 1950, Minas Gerais precisava de um grande palco. O governo federal entrou em acordo com a Universidade Federal de Minas Gerais para que esta cedesse ao Estado um terreno às margens da Lagoa da Pampulha. Foi então que, em 25 de fevereiro de 1960, começava a sair do papel o projeto de construção de um dos maiores estádios do futebol mundial.


A construção do Mineirão se tornaria um marco não apenas para o futebol brasileiro, mas também para a construção civil da época. A ideia dos engenheiros era a de se espelhar no Maracanã, construído para a Copa do Mundo de 1950, e identificar deficiências e erros para que não fossem repetidos no estádio mineiro. A inspiração dos engenheiros foi tão além que os levou até o Japão a fim de conhecer as arenas erguidas para as Olimpíadas de Tóquio e buscar novidades para a obra.


Os anos se passaram, e o processo para a construção do estádio enfrentou vários problemas políticos, econômicos e também de mão de obra qualificada. Até que, em 5 de setembro de 1965, o estádio Governador Magalhães Pinto, conhecido como Mineirão e com capacidade para receber 130.000 espectadores, recebeu sua primeira partida. Um amistoso entre a Seleção Mineira e o River Plate, da Argentina, marcou uma nova era no futebol brasileiro e mundial. A partida foi vencida pela Seleção Mineira por 1 a 0, com gol de Buglê, jogador do Atlético.


Em 2004, o Mineirão passou por sua primeira reforma. Para receber jogos da Seleção Brasileira pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2006, a FIFA exigiu que fossem feitos reparos nas arquibancadas. Foram colocados assentos em todo o anel superior e o inferior do estádio, fazendo com que a capacidade diminuísse para pouco mais de 75.000 pessoas.


Com a escolha do Brasil para ser a sede da Copa do Mundo 2014, Belo Horizonte foi uma das cidades selecionadas para sediar os jogos do torneio. E foi em 6 de junho de 2010 que o Mineirão recebeu sua última partida. O Atlético recebeu o Ceará, pelo Campeonato Brasileiro, e foi derrotado por 1 a 0. Atualmente, o estádio encontra-se fechado e com as obras a pleno vapor. Belo Horizonte é uma das candidatas a receber o jogo de abertura da Copa do Mundo 2014. Depois de dois anos e dez meses de reforma, o Mineirão foi reinugurado em 21 de dezembro de 2012.


Dados sobre o Estádio

Dimensões do campo de futebol
Comprimento: 105 metros
Largura: 68 metros


Tipo de gramado
Bermuda Celebration


Lugares
62.170


Vagas de estacionamento
2.521


Acesso
Duas entradas de estacionamento para o público, duas para profissionais credenciados e uma de segurança.

Duas rampas de acesso para portadores de necessidades especiais para o nível 1.

106 catacras


Níveis

Nível 0
Passarela de conexão Mineirão-Mineirinho

Praça de acesso norte

Bilheterias

Esplanada

Dois espaços comerciais

Praças arborizadas

Rampas de acesso

Praça de acesso norte

Praça de acesso sul

Anfiteatro


Nível 1
Espaço comercial

Estacionamento coberto
Carros: 1334
Bicicletas: 67
Motocicletas: 61
Vaga PNE: 46

Logística

Banheiro público


Nível 2
Bilheteria

Espaço comercial

Estacionamento coberto
Carros: 388
Vagas PNE: 6
Veículos oficiais: 21
Ônibus: 4
Bombeiros: 2

Estacionamento descoberto
Carros: 799
Motocicletas: 31
Bicicleta: 30
Área de segurança: posto médico, juizado de menores, corpo de bombeiros

Acesso de credenciados

Museu do Futebol

Logística


Piso 1
Vestiários

Estúdios de mídia

Hall vip

Áreas técnicas

Área médica



Piso 2
Lanchonetes

Banheiros públicos

Postos médicos

Acessos

Hospitalidade - 8 portões

Público em geral - 12 portões

Mídia - 2 portões


Piso 3
Lanchonetes

Banheiros públicos

Áreas técnicas

Lounge vip

Hospitalidade


Piso 4
Lanchonetes

Banheiros públicos

Centro de operações

Broadcast

Hospitalidade

Acesso
Hospitalidade - 8 portões
Público em geral - 12 portões


Piso 5
Lanchonetes
Banheiros públicos
Áreas técnicas


Piso 6
Arquibancadas do nível superior
Cobertura


A cobertura suplementar possui superfície transparente e autolimpante


Recursos tecnológicos
364 câmeras de segurança

8 elevadores

2 telões de 98 metros quadrados sobre os gols


Localização: avenida Abrabhão Caram, 1001 Telefone:31 3499-1100



Curiosidades
Mais de 5.000 pessoas foram envolvidas na construção do estádio;


Gil César, um dos engenheiros da construção do estádio, criou a operação 24 horas, que resultaria na divisão de três turnos de operários para que as obras não parassem um minuto sequer;


De acordo com a produção dos operários na obra, a Administração passou a premiar os turnos por produção e criatividade;


O Mineirão foi construído para 130.000 pessoas;


Buglê foi o autor do primeiro gol do Mineirão, no primeiro jogo realizado no Minierão Seleção Mineira 1 x 0 River Plate - 5 de setembro de 1965;


Primeiro jogo oficial foi a disputa entre Atlético 5 x 0 Nacional de Uberaba, Roberto Mauro foi o autor do primeiro gol - 26 de setembro de 1965


O já extinto Esporte Clube Siderúrgica foi o primeiro clube mineiro a jogar nesse estádio;


O Cruzeiro Esporte Clube foi o clube a conquistar o primeiro título do Mineirão;


O recorde de público presente no estádio foi em um evento de música gospel, realizado em 15 de julho de 2001, com um público de 210.000 pessoas;


O juiz que mais usou o apito foi Maurílio José Santiago - 114 jogos, entre 1970 e 1990


Já em partidas de futebol, o maior público registrado foi no dia 22 de junho de 1997, quando o Cruzeiro derrotou o Villa Nova por 1 a 0, com um público de 132.834 torcedores;


O menor público pagante aconteceu na partida de América 6 x Democrata - GV em 2 de junho de 1999


É do Mineirão o recorde de público pagante nos últimos 20 anos do futebol brasileiro - 90.482, no jogo Cruzeiro 3 x 1 Portuguesa realizado em 1998 pelas semifinais do Nacional. Essa marca não será mais alcançada devido a redução da capacidade dos estádios.


Até o fechamento para a reforma da Copa do Mundo, o Mineirão já havia sido palco de 3.386 jogos;


Já foram marcados até hoje 9.301 gols no Mineirão;


Nelinho foi o jogador que mais vezes atuou no estádio, com 348 partidas;


Jogos de times mineiros
Cruzeiro: 1.511 partidas
Atlético: 1.458 partidas
América: 673  


A Seleção Brasileira disputou 20 partidas no Estádio Governador Magalhães Pinto. Foram 14 amistosos, dois jogos pela Copa América e dois jogos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo;


Artilheiros da história do Mineirão
Reinaldo: 152 gols, marcados entre 1973 e 1984;
Tostão: 143 gols
Dario: 129 gols
Dirceu Lopes: 126 gols
Palhinha: 113 gols
Nelhinho: 112 gols


Michael Schumacher participou de um jogo beneficente com ex-jogadores, atores e músicos na preliminar de Cruzeiro 2 x 3 São Paulo pelo Campeonato Brasileiro - 21 de setembro de 1995.


Feijão-tropeiro se tornou o "prato típico" do Mineirão. O "tropeirão" é o prato preferido dos torcedores.


Fonte: www.novomineirao.mg.gov.br e Estado de Minas - Acessados em 16 de janeiro 2013

Enviar link

© Sylvio Coutinho/ Minas Arena Belo Horizonte - Novo Mineirão  - Sylvio Coutinho/ Minas Arena Novo Mineirão
© Sylvio Coutinho/ Minas Arena Belo Horizonte - Novo Mineirão  - Sylvio Coutinho/ Minas Arena Novo Mineirão
© Minas Arena/ Divulgação Belo Horizonte - Novo Mineirão  - Minas Arena/ Divulgação Novo Mineirão