Destinos

Caparaó

Informações Básicas - Caparaó

População
5.209 (IBGE 2010)


Área
131 km²


DDD
32


Emancipação do município
30 de dezembro de 1962


Padroeiro
Santo Antônio


Data de comemoração
13 de junho


Adjetivo pátrio
Caparaoense


Municípios limítrofes
Alto Caparaó
Alto Jequitibá
Espera Feliz
Luisburgo


Mesorregião
Mata


Microrregião
Manhuaçu


Temperatura
Média anual: 19º C
Média máxima anual: 26º C
Média mínima anual: 13º C


Estação seca
Abril a Outubro


Estação chuvosa
Novembro a Março


Relevo
O ponto mais alto do município é a serra do Caparaó, chegando a altitude máxima de 2.890 m do pico da Bandeira. Do pontão do Alvim, conhecido como o mirante da cidade, é possível avistar o pico do Cristal, pico do Calçado, pico da Bandeira. Dentre as elevações destacamos a serra do Castorino e a serra dos Alves. No vale do Caparaó os terrenos são aplainados banhados por vários córregos e rios.


Altitude
Altitude da sede: 996,82 m
Altitude máxima: 2.897 m - pico da Bandeira
Altitude mínima: 846 m - foz do córrego Peroba


Hidrografia
O rio Fama nasce na cabeceira do córrego Taquaruna, na propriedade do Sr. Alemão. É formado pelas águas de 94 nascentes que deságuam no rio Caparaó, perto do Pontilhão, na propriedade de D. Maria Miranda, Fazenda do Catete. O município é abrangido por parte da bacia hidrográfica do rio Itabapoana.
Rio Caparaó
Rio Preto


Bacia
Rio Itabapoana


Vegetação
A vegetação original foi bastante devastada pelas plantações de café. Há manchas de mata sub-tropical e cerradão. Predomina-se também vegetação rasteira como capim gordura e arbustos variados.

Com a criação do Parque Nacional do Caparaó, a recuperação ecológica vem naturalmente acontecendo. Na reserva são preservadas espécies de madeira como jacarandá, peroba, canela, e ipês de várias cores.


Principais atividades econômicas
O município tem como base econômica a agricultura. O principal produto cultivado é o café. A produção da lavoura branca é composta de feijão, milho, arroz, batata e batata doce.

Enviar link