Destinos

Diamantina

José Soares de Araújo

José Soares de Araújo

 

 

Cronologia

Nasceu: ?

Faleceu: 1799, Diamantina/MG

Natural de Braga/Portugal

 

 

Formação

Provavelmente autodidata

 

 

Atividades
Pintor

Guarda-mor

 

 

Trajetória de vida

O grande pintor do Distrito Diamantino foi o português José Soares de Araújo. Sabe-se que em 1765 já estava em atividade no Arraial do Tijuco. O título  de guarda-mor lhe foi conferido em 1770, daí termos sempre o seu nome acompanhado desse título nas referências bibliográficas.

 


Contratado pela Ordem 3ª do Carmo, foi o responsável pela decoração da Capela dos Carmelitas, que executou de 1765 a 1784. É simplesmente notável o trabalho de pintura e douramento que aí executou.

 


Foi autor das pinturas dos forros da capela-mor do Rosário e de São Francisco de Assis. E a ele, também, são atribuídas as pinturas das igrejas de Santana, no distrito de Inhaí, e as da igreja  de Nossa Senhora da Conceição, em Couto Magalhães.

 


Foi sepultado em 1799, na Igreja de Nossa Senhora do Carmo, na condição de Irmão da Ordem 3ª. Devido a sua obra ter características muito próprias e marcantes, a historiadora Myriam A . Ribeiro de Oliveira avalia sua pintura como uma verdadeira escola barroco-penunbrista na região.

 

 

Enviar link