Destinos

Viçosa

Hino de Viçosa

 
                                                                                  Antônio Luiz de Miranda


Vou cantar-te nos versos que escreveram
Trovadores de todos os lugares,
Que, em rimas multicores, reviveram
Teu fascínio de cores e luares.


Viçosa, Viçosa,
Que escreveste capítulos da História!
Viçosa, Viçosa
Teu povo há de viver a tua glória!


O passado teu, Viçosa!
Reverencio, e me curvo,
Cantando a lira saudosa
Da Santa Rita do Turvo.


Por teus filhos e teu lema
De um povo culto e feliz.
Tu és, Viçosa, uma gema
A enriquecer o País.


Refrão


Tantos chegam, gente airosa,
E partem com dó profundo...
E teus amores, Viçosa,
Se espalham por todo o mundo.


Ó Viçosa que me encantas
E a todos tão bem acolhes,
Pois, se cultura tu plantas,
Quanto carinho tu colhes!


Refrão


És pedaço de glorias e talentos,
És passado de fama e destemor,
És presente de luta e ensinamentos,
E és futuro de luz, de fé e amor!

Enviar link