Turismo

Estrada Real

Senac
  • Logo Senac Minas
  •  
  • Hotel Grogotó

Dia 17 abril 2000 - (Ex500)

Segunda-feira
Tanto os cavaleiros como os ciclistas saíram da Fazenda Traituba em direção a Carrancas e curtiram um percurso paradisíaco. Além de conhecermos um milenar jequitibá, com aproximadamente 11m de diâmetro e 70m de altura, demos um abraço solidário a ele com muito prazer e honra.


Logo depois passamos pela Fazenda Bananal onde degustamos uma maravilhosa goiabada.


No alto do Grão Mogol tivemos uma recepção calorosa da Associação Brasileira dos Criados de Jumento-Pega, além de personalidades locais e uma cobertura especial da TV Alterosa (SBT).


Neste dia quem participou da nossa 'Novelinha da Expedição', na rádio Inconfidência-AM, foi o biólogo e expedicionário Humberto, informando quais os objetivos da pesquisa empreendida durante o trajeto.


Vale a pena ressaltar que os expedicionários Murton, Ted e Marquinhos seguiram por diferentes trilhas, a fim de registrar pelo GPS várias alternativas da Estrada Real. Esses dados possibilitaram ao IGA a elaboração do mapa turístico da região, propiciando futuramente a criação de um guia turístico pelo Ted, Marquinhos e Vivi com indicações que atendam à turma do pedal, das caminhadas e das cavalgadas neste percurso.


Fomos recebidos com solenidade pela vice-prefeita e comunidade local.


Ao levarmos os cavalos para o sítio Maralice, onde eles iram repousar, nos deparamos com uma vala. É lógico que teria que acontecer algo mais neste procedimento de salto e, isso foi com nosso amigo Murton. Ele afirma que quando seu cavalo caiu na vala, conforme seu instinto e sua experiência: pulou. Porém, no exato momento em que ele pulou, o cavalo saiu da vala com o pé dele agarrado no estribo. Resultado: foi carregado por alguns bons metros.


À noite, fomos homenageados com uma apresentação de danças pelas meninas da cidade e um forró ao vivo, com sanfona e violão de um casal muito simpático.

 

 

Enviar link

© Alexandre C. Mota Cruzília - Jequitibá com 10 metros de diâmetro - Alexandre C. Mota Jequitibá com 10 metros de diâmetro
© Alexandre C. Mota Cruzília - Fazenda Bananal - Alexandre C. Mota Fazenda Bananal
© Alexandre C. Mota Cruzília - Fazenda Bananal - Alexandre C. Mota Fazenda Bananal
© Alexandre C. Mota Cruzília - Forno a lenha - Fazenda Bananal - Alexandre C. Mota Forno a lenha - Fazenda Bananal
© Alexandre C. Mota Cruzília - Fazenda Bananal - Alexandre C. Mota Fazenda Bananal
© Alexandre C. Mota Cruzília - Fazenda Bananal - Alexandre C. Mota Fazenda Bananal