Turismo

Estrada Real

Senac
  • Logo Senac Minas
  • Hotel Grogotó
  •  

Dia 23 abril 2000 - (Ex500)

Domingo
Saímos às 10h da Praça principal da cidade de Prados, após solenidade de entrega da bandeira do município ao seu prefeito.


Rumamos ao nosso destino. Fazenda Capão Seco, com mais 300 anos e, por tabela, muita história, cultura e tradição.. No caminho visitamos o ateliê do artesão Ademar.


Algumas ruínas neste trecho confirmam, cada vez mais, estarmos no histórico caminho velho da Estrada Real. Entre elas, podemos citar Carandaí, antigo seminário, cujos gigantescos muros comprovam utilização de enorme número de mão de obra escrava. Dizem que dali, foi extraído muito ouro.


Por volta das 16h30 chegamos à Fazenda Capão Seco. Pouco depois chegaram os ciclistas, que passaram por outra via para visitar as históricas Fazendas de Bandeirinhas e Medanha, trazendo informações sobre o rico acervo arquitetônico presente.


Um de nosso fotógrafos, o André, ficou para trás em São João del-Rei. Então tivemos que acionar o nosso coordenador de logística Maurinho, que em seu trabalho cobre a dianteira e varre a retaguarda assegurando todo o conforto necessário a viagem.


Jantamos uma bela feijoada e depois ganhamos bombons de Páscoa do Tullio.


A hospitalidade tem uma morada. E hoje está comprovada que é no coração do mineiro.


Jorge Aguiar

 

Enviar link

© Alexandre C. Mota Lagoa Dourada - Fazenda Capão Seco - Sanitário - Alexandre C. Mota Fazenda Capão Seco - Sanitário
© Alexandre C. Mota Lagoa Dourada - Quadros no interior da Fazenda Capão Seco - Alexandre C. Mota Quadros no interior da Fazenda Capão Seco
© Alexandre C. Mota Lagoa Dourada - Fazenda Capão Seco - Alexandre C. Mota Fazenda Capão Seco