Turismo

Expedições e Aventuras

01. Trecho Belo Horizonte - Ouro Preto

Belo Horizonte - Rio Acima (14 setembro 2001)


Nos encontramos no início da tarde no BH Shopping e partimos com o objetivo de chegar a Parati. Até Rio Acima fomos pela estrada convencional (MG 030 - em duplicação até Nova Lima). Perigosa, cheia de curvas e movimentada. A Ludmila logo se distanciou, ficando à frente do restante do grupo. Chegou uma hora mais cedo e assim ajudou na recepção na Pousada Mon Revê com o Hely e logo depois aconteceu um episódio engraçado: o Orestes, do restaurante Curral havia preparado um churrasco para nós, mas os três não comem carne! Tudo bem, logo fomos servidos por uma variada refeição de pratos típicos, cheia de salada. Fomos muito bem recebidos também pelo Tonico e o Carlinhos, Secretários de Turismo e de Meio Ambiente de Rio Acima.


Rio Acima - Itabirito (15 setembro 2001)


Depois de descansar e relaxar bastante, e conhecer atrativos da cidade com o Tonico e o Hely; pegamos a estrada para Itabirito, e depois de uns 3Km de subida aconteceu o primeiro 'acidente' da viagem: fomos fazer uma parada e o Thomaz caiu, a 0 Km/h, pois o pé dele agarrou na pedaleira e ele não conseguiu se apoiar no chão. Caiu parado e teve um corte no rosto. Como sangrou bastante, ficamos com o receio de ser preciso dar uns pontos para facilitar a cicatrização. Fomos até o hospital de Rio Acima e logo foi feito um curativo, sem a necessidade de pontos. Continuamos, numa estrada em meio a montanhas e matas, onde apreciamos lindas paisagens, entrecortadas pelo Rio das Velhas e pela estrada de ferro onde está sendo implantado o projeto de aproveitamento turístico do trecho BH - Mariana. Chegando em Itabirito veio uma tempestade, que nos acompanhou até a o Vale do Tripuí, a alguns quilômetros depois da cidade, onde há uma estação ecológica que preserva a espécie 'Peripatus accocioli', de grande valor científico, em seu habitat natural. Já era noite e nos hospedamos na Pousada Tripuí.


Itabirito - Ouro Preto (16 setembro 2001)


Passamos a manhã inteira consertando os estragos da chuva: colocamos tudo para secar e demos uma geral nas bicicletas. Almoçamos no Restaurante Tripuí e pegamos a estrada. No caminho passamos por Cachoeira do Campo, percorrendo trechos de topografia suave até próximo a Ouro Preto. Em seguida nos deparamos com uma longa e íngreme descida, sucedida por uma também longa e íngreme subida onde tivemos dificuldades devido ao peso da bagagem e nosso cansaço. Tivemos que parar para descançar. Chegamos em Ouro Preto já à noite, íamos ficar no Camping Clube do Brasil, mas fomos recebidos na cidade pela Mônica, tia do Thomaz, que nos hospedou em sua simpática casinha na ladeira de Santa Efigênia.

 

Enviar link

© Henry Yu Rio Acima - Cachoeira Chica Dona - Henry Yu Cachoeira Chica Dona
© Maria Lucia Dornas Ouro Preto - Telhados de Ouro Preto - Maria Lucia Dornas Telhados de Ouro Preto
© Sincovita Itabirito - Serra da Santa - Sincovita Serra da Santa