Turismo

Expedições e Aventuras

04. Trecho Prados - Carrancas

Prados - Tiradentes (26 setembro 2001)


Antes de sair da cidade de Prados, conversamos muito com o Ilseu, gestor do circuito Trilha dos Inconfidentes que nos ajudou bastante com informações e apoio nas cidades do circuito. O caminho para Tiradentes não é longo, mas cheio de belezas, contornando a maravilhosa Serra de São José, no meio de uma mata com pequenas fazendas, nascentes de águas cristalinas e, do lado oposto à Serra, uma vista para os mares de montanhas por onde navegávamos.


Chegando em Tiradentes, encontramos de novo com os companheiros do Recife que estavam percorrendo o mesmo trecho de bicicleta e fomos para a Pousada Três Portas, onde o dono Bernardo nos esperava de braços abertos.


Tiradentes (27 setembro 2001)


Estávamos Prestes a completar duas semanas de viagem e decidimos passar um dia inteiro em Tiradentes, pois é uma cidade maravilhosa e cheia de pessoas amigas. Descansamos, demos uma arrumada geral nas bicicletas e bagagens e nos divertimos com os amigos de lá: Ti, Bernardo, Renata, Demóstenes e Laro.


Tiradentes - S. João del-Rei - Caquende (28/09/2001)


No dia seguinte, saimos logo cedinho e fomos acompanhados pelo nosso amigo Demóstenes, de Tiradentes, que se interessou em ir até São João del-Rei conosco de bicicleta, onde almoçamos, passamos na Trilha & Ação para uns reparos nas bicicletas e encontramos com o Átila Godoy, que conhece bem a Estrada e nos convidou para hospedarmos em sua fazenda na beira da Represa Camargos. Até lá, pegamos um trecho de asfalto da BR 265 que passa por São Sebastião da Vitória, onde entramos em uma estrada de terra com belas paisagens até a vila Caquende, às margens da represa de Camargos da CEMIG.


Caquende - Capela do Saco - Carrancas (29/09)


Caquende é um lugar interessante, onde as ruas tem mais grama do que terra ou pedra. De lá para a vila Capela do Saco, onde existe uma Capela construida no século 18.Tivemos que atravessar a represa de balsa em sua parte mais estreita. Atingindo a outra margem, Continuamos a pedalar e logo avistamos ao longe a Serra de Carrancas, que atravessamos em meio a fazendas antigas até transpor a Serra para chegar na cidade, onde fomos recebidos pelo Marcelo Moreira, um dos maiores conhecedores do Caminho Velho da Estrada Real. Ele nos hospedou nos seus recém inaugurados chalés, que ficam próximos do seu restaurante e pesque-e-pague conhecidos como 'da toca'.

Enviar link

© Acervo/Prefeitura de Carrancas Carrancas - Rampa - Vôo Livre - Acervo/Prefeitura de Carrancas Rampa - Vôo Livre
© Fábio Carvalho Prados - Igreja Matriz N. S. da Conceição - Fábio Carvalho Igreja Matriz N. S. da Conceição
© Divanildo Marques Tiradentes - Tiradentes - Divanildo Marques Tiradentes