Turismo

Regiões Turísticas

Jequitinhonha / Mucuri

  • Teófilo Otoni - Pedras Preciosas - Circuito Turístico Pedras Preciosas

Localizada no semiárido mineiro, a região apresenta os mais baixos indicadores sociais do Estado. A agricultura é predominantemente familiar e pouco desenvolvida tecnologicamente. Como o Norte de Minas, o Jequitinhonha tem solo bom e clima ideal para o cultivo de frutas; portanto, essa atividade é predominante na região, além do processo de industrialização desses itens. A região destaca-se ainda pela produção de cachaça de qualidade. Seus recursos minerais são de importância estratégica, possuindo grandes jazidas de pedras preciosas e semipreciosas.


O melhor da região do Jequitinhonha / Mucuri


A capital das pedras preciosas
Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri, é a cidade mais importante. Além da exploração das gemas, a cidade é um importante centro de lapidação. São cerca de 250 pequenas empresas de lapidação e comercialização, 2.700 lapidações informais, 200 corretores autônomos e empresas de exportação. Anualmente, em julho, acontece a Feira Internacional de Pedras Preciosas (FIPP). Por tudo isso, Teófilo Otoni passou a ser conhecida como a "capital das pedras preciosas".


O artesanato
Seu rico e variado artesanato é conhecido e apreciado em todo o país, constituindo, junto com suas tradições culturais, um grande potencial de desenvolvimento turístico. "Conhecida internacionalmente, a cerâmica mineira se supera a cada dia por meio da verve criativa dos nossos artistas populares. Do barro em estado bruto e cru, surgem as lindas bonecas do Vale do Jequitinhonha, como as encantadoras namoradeiras à espera do idílio. Os trabalhos dos artesãos, após grande aprimoramento técnico e estético, alcançaram fama e ganharam espaço nas galerias e museus do Brasil e exterior. No Vale do Jequitinhonha é que se concentra a maior parte das ceramistas mineiros. Gente que conta suas histórias e realiza seus sonhos com as mãos sujas de barro" (Folder "A rica diversidade do artesanato mineiro - Sesc).


Patrimônio arquitetônico
Minas Novas possui um rico patrimônio arquitetônico. O prédio conhecido como Sobradão é um marco na área central da cidade. Construído nas primeiras décadas do século 19, foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). A Capela de São José é a única do Brasil Colônia com planta octogonal.


Os sabores da região
O destaque da gastronomia na região fica para a carne de sol, o feijão-verde, a mandioca preparada de formas diversas e a cachaça.


As principais cidades do Vale do Jequitinhonha e do Vale do Mucuri são: Almenara, Araçuaí, Capelinha, Francisco Badaró, Itamarandiba, Itaobim, Jequitinhonha, Minas Novas, Nanuque, Pedra Azul, Rubim e Teófilo Otoni.

 

Enviar link